quarta-feira, 22 de junho de 2011

Dentista é preso após se negar a devolver dentadura de idosa

O dentista americano Michael Hammonds, de 57 anos, foi preso em Deltona, no estado da Flórida (EUA), acusado de não devolver uma dentadura para uma idosa de 65 anos, segundo reportagem do jornal “Sun-Sentinel”.
De acordo com a polícia, Hammonds estava ajustando dentadura da cliente na última terça-feira (24), quando a mulher começou a reclamar de dor. Irritada, a idosa retirou a dentadura e jogou em direção de Hammonds.Ela exigiu um reembolso, mas o dentista se recusou. Quando a mulher foi pegar a dentadura, os dois discutiram pela posse do objeto. Em seguida, o suspeito gritou com a mulher e a impediu de deixar o consultório.Durante a confusão, um funcionário ligou para a polícia. Hammond foi levado para a cadeia do condado de Volusia acusado de cárcere privado, agressão e outros crimes.

Dúvidas Odontológicas no Yahoo

No Yahoo Respostas você pode fazer perguntas, dúvidas que você tenha, e outras pessoas responderão. As perguntas ainda são divididas em várias categorias e, entre elas tem a categoria "Odontologia".
Achei muito interessante e trago algumas dúvidas que surgiram no Yahoo Respostas. Claro, só as melhores!!!







terça-feira, 21 de junho de 2011

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Odonto Entrevista - Flávio Augusto Marsiaj Oliveira



Nosso entrevistado é Professor Titular de Podontologia da PUCRS, especialista em odontopediatria e pacientes especiais, Doutor em Odontologia pela PUCRS e presidente da ABO-RS, participante ativo da ABO Nacional e um excelente educador, isso posso dizer pois é meu querido professor de Odontopediatria na PUCRS!


A entrevista completa você pode conferir no site: http://www.odontex.com.br/colunas/entrevista_69.htm, do colega Antônio Inácio Ribeiro

Quem o influenciou para fazer Odontologia?

Tinha um irmão, Paulo Marsiaj Oliveira, que se formou em Odontologia e foi muito importante para a minha opção.

Onde fez a faculdade e quais suas lembranças desse tempo?
Na 4ª turma da Faculdade de Odontologia da PUCRS – Porto Alegre, turma 1956/59.  Foi dos melhores tempos de minha vida. A Faculdade funcionava provisoriamente nos porões do Colégio Rosário. Eram outros tempos e as nossas preocupações não passavam por falta de segurança dos dias atuais. E mais, tínhamos em torno de 20 anos, época em que tudo é bom humor e alegria.  A turma de 40 alunos só tinha 6 mulheres, coisa que não acontece mais...

Como e onde foi seu início na profissão?
Iniciei em um consultório no centro de Porto Alegre, Ed. Planalto, 18º andar e noventa dias depois de formado, atendendo somente crianças, já estava com todas as horas tomadas, o que para hoje parece impossível.

Qual foi o caso que lembra como mais difícil?
No início e, tratando crianças, tudo era difícil. Em Porto Alegre, somente 3 ou 4 colegas atendiam crianças. Esta é uma das razões também de ter as horas plenas de trabalho, desde os primeiros tempos.  Os colegas não gostavam de atender crianças e por isso mandavam os clientes a quem os atendia.

E um que tenha sido o mais gratificante?
Na verdade gratificante era o trabalho no atendimento de crianças de 0 a 12 anos.  Isto agora tem um grande significado porque inúmeros clientes hoje são colegas e lembram com saudades do tempo em que estavam no meu consultório.  Isto não sei a que ponto os pode ter influenciado na escolha pela Odontologia.

Qual foi o momento mais inusitado da sua vida profissional?
Foi quando o Presidente João Goulart, numa tarde apareceu no meu consultório, sem hora marcada e de surpresa.  Ocorre que o Presidente estava em uma cerimônia na Secretaria da Saúde, que ficava no mesmo prédio e teve um “mal subido dentário” e lhe disseram que havia um Cirurgião Dentista no 18º andar e ele para lá foi, causando-me grande espanto.
Disse-lhe: - Presidente eu só trato de crianças, o Senhor deve ter vindo tratar com o meu colega que ainda não chegou. Ao que o Presidente respondeu: - Não faz mal, Dentista de criança é ótimo... atenda-me por favor.  Como se tratava de coisa muito simples, consegui resolver o pequeno problema. Em seguida a sala de espera encheu-se de repórteres que desejavam saber o que houvera com o Presidente.  Estávamos no ano de 62 ou 63 e o Dr. João Goulart, em seguida foi deposto pelo golpe de 64. 

Quais foram os seus maiores ou melhores momentos?
Teria dificuldade de discorrer sobre estes momentos. Foram muitos: o meu Concurso para a Disciplina de Odontopediatria, quando me tornei Professor Titular. Os anos que estou na PUCRS, desde 1960, acompanhando o crescimento desta grande Universidade, hoje um centro de referência em varias áreas.  A convivência com os colegas da Odontopediatria que é uma verdadeira dávida pela amizade que temos.

Quais entidades a que pertence ou participa?
ABORS da qual sou atual Presidente, da AGOPED que fui um dos fundadores e do meu Imortal Tricolor o GREMIO FOOT BALL PORTO ALEGRENSE, do qual sou Conselheiro há cerca de 45 anos.

Deixe uma sugestão ou mensagem para os mais novos:
Estudo, trabalho, persistência, resistência, paciência e amor à profissão. O Papa PIO XII disse que o Cirurgião Dentista deve ter o conhecimento de um médico, a perícia de um cirurgião, a paciência de um monge e eu acrescentaria a saúde de um atleta.

A palavra é sua para suas considerações finais.
Felicidades para todos da Odontologia e a certeza que só seremos fortes quando nossas entidades de classe assim o forem.

E eu só tenho a agradecer ao professor Flávio Augusto pelos ensinamentos, amizade e pelas grandes histórias que conta!

quarta-feira, 15 de junho de 2011

segunda-feira, 13 de junho de 2011

Sorrisão #16

Assim como o sorriso, ela é linda e famosa!
Não precisa nem fazer suspense, é óbvio que dá pra saber de quem se trata!
Para ver foto inteira clique na imagem.

Em seu clipe mais recente,'Last Friday Night', Katy Perry virou uma nerd feia. A música conta a história de uma festa épica que acontece na casa de Katy - ela acorda sem saber de nada e a casa está completamente destruída.

domingo, 12 de junho de 2011

Vilões da Saúde Bucal

Comportamentos banais podem atrapalhar todos os seus esforços para conquistar um sorriso saudável. Veja quais são e aprenda a controlá-los:

Álcool
As bebidas alcoólicas têm substancias que corroem os tecidos bucais. Elas expõem a mucosa da boca a riscos, como o câncer.

Cigarro
O fumo não deixa só os dentes amarelados, ele também irrita a gengiva, tornando-a vulnerável a doenças. A gengiva perde a capacidade de defesa. Para completar, a nicotina integra a lista negra do mau hálito.

Refrigerantes
Ácidos, eles promovem a erosão e podem criar uma tremenda sensibilidade. Pode haver a perda de estrutura do esmalte e da dentina.

Café
Os pigmentos da bebida mancham os dentes. Se o cafezinho leva açúcar, pior, pois alimenta as bactérias. Faça ao menos um bochecho com água após bebê-lo.

Doces
Deixe-os para a sobremesa. Após uma refeição, a produção de saliva cresce, e nela há fatores de proteção natural, quando está seca, como no meio da tarde, a boca fica vulnerável às bactérias, que adoram tudo que é açucarado.

Balas
Como demoram mais para derreter na boca do que uma colher de pudim, por exemplo, digamos que esses docinhos têm longa ação, no sentido ruim! Lembre: a freqüência do consumo é o que mais importa, quanto menos vezes ao dia, melhor.