sábado, 27 de agosto de 2011

O Dentista de Passo Fundo



Esse dentista dos pampas, sempre de bombacha, vai a cavalo pro consultório e assim que se adentra no recinto já vai pedindo seu mate pra secretária.
Seu consultório é simples, seus equipamentos são antigos, herdados do seu bisavô, que era barbeiro. Sua cadeira é tão velha que de vez em quando dá choque nos pacientes. Outro dia chovia demais e uma paciente chegou para ser atendida toda molhada, o dentista se recusou a atendê-la:
- Mas tá loco, eu não vou te atender assim, pode ir embora, por acaso quer morrer na minha cadeira? Paciente babado já leva choque, imagina tu!
....

Outro dia chegou um rapazinho no consultório urrando de dor.
- O que te aflige, tchê? Te deita na cadeira e vâmo vê essa desgraça!
O rapazinho sequer falava de tanta dor que sentia.
- Índio véio, esse teu dente tá bichado, vamo arranca logo. Jurema esquenta mais água pro mate que o serviço vai longe. Aceita um mate, piá?
...

Esse dentista dos pampas remove tártaro dos dentes na ponta do canivete e sem nunca largar seu chimarrão.
Restauração com resina é coisa de viado. Bom mesmo é amálgama!
- Vamo obtura esse dente é com amálgama, tchê. Abre a boca que nem burro que comeu urtiga e depois que eu colocar a amálgama tu fecha, mas fecha com tudo índio véio, que é pra condensar esse negócio! E por hoje tu não mastiga nada desse lado.
....

Entra uma mocinha no consultório e reclama pro dentista:
- Dr. eu continuo sentindo aquela dor no dente quando como chocolate!
- Mas que coisa, eu já abri todos esses teus dentes e continuas sentindo dor?! Vamos fazer o seguinte, na próxima consulta traz teu chocolate.
Na consulta seguinte a mocinha levou seu chocolate. O dentista pegou pedaços de chocolate e foi esfregando nos dentes da moça.
- Dói esse daqui? E aqui? Agora mastiga esses pedaços aqui e me diz qual dente reclama!
A menina sentia dor por todos os dentes!
- Teu caso é grave. Ou tu para de comer chocolate ou só arrancando os dentes!

Aguarde por mais histórias deste dentista gaudério!